Produtora Rural do Piauí conquista troféu no Prêmio Sebrae Mulher de Negócios - Portal RV

Economia

18/11/2017 às 13h12 - Atualizada em 18/11/2017 às 13h12

Produtora Rural do Piauí conquista troféu no Prêmio Sebrae Mulher de Negócios

Redação
Uruçui - PI

O Piauí foi destaque nacional no Prêmio Sebrae Mulher de Negócios. A empreendedora Marcilene Barbosa conquistou o troféu bronze na categoria Produtora Rural. Já a empresária Iara Vaz ficou entre as cinco finalistas na categoria Pequenos Negócios. A solenidade de premiação aconteceu em Brasília, reunindo representantes de todos os Estados do país.


“O empreendedorismo feminino ganha cada vez mais força no Piauí e no Brasil. Muitas mulheres são referência no mundo dos negócios. O prêmio além de reconhecer, a garra e determinação dessas mulheres, é também uma forma de incentivar outras pessoas a trilharem o mesmo caminho e se destacar no universo empresarial”, comenta o diretor técnico do Sebrae no Piauí, Delano Rocha.


Participaram dessa edição do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, 3.600 mulheres, das quais 57 foram finalistas nacionais. Foram premiados os três melhores relatos, em cada uma das categorias: Produtora Rural, Microempreendedora Individual e Pequenos Negócios.


“Pelo fato de ser candidata, acreditava na possibilidade dessa conquista. Mesmo assim, fiquei muito surpresa e emocionada quando anunciaram meu nome. A felicidade foi total. Para mim o bronze tem o mesmo valor de um ouro e me dá ainda mais coragem para seguir e crescer como profissional, buscando novos caminhos e oportunidades”, afirma a empreendedora Marcilene Barbosa.


Artesanato reciclado


Marcilene, que mora na cidade de Jaicós, no sul do Estado, trabalha com o artesanato em palha de carnaúba e pneu reciclado, tendo investido na atividade como forma de enfrentar as dificuldades financeiras e mudar de vida. Mas a empreendedora não buscou melhorias somente para si, envolvendo também outras mulheres, que hoje compõem a Associação de Mulheres da Várzea Queimada, da qual ela é presidente. “Acredito que o prêmio é resultado do meu empenho diante da associação, além de fruto do trabalho que realizo na Comunidade de Várzea Queimada. Agora é continuar lutando para que a associação melhore ainda mais, e que nossos produtos possam chegar a novos mercados, garantindo mais qualidade de vida para todas as envolvidas”, acrescenta a empreendedora.

Comentários

Veja também

Portal RV
Editoriais
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados