Início do período chuvoso no PI marca começo do plantio de soja no cerrado - Portal RV

Economia

20/12/2016 às 21h58 - Atualizada em 20/12/2016 às 21h58

Início do período chuvoso no PI marca começo do plantio de soja no cerrado

Rodrigo Quixabeira
Uruçui - PI

Início do período chuvoso marca o começo dos trabalhos no cerrado piauiense, celeiro agrícola do Estado. Agricultores já começaram a plantar soja, milho e arroz e a esperança, é que com as chuvas, a safra deste ano supere as expectativas. A aposta é alta e para eles a soja é o principal meio de sobrevivência.


A Transcerrado é a rodovia que leva as principais fazendas de produção do estado e ao passar por ela já é possível observar a mudança. O verde e o cinza escuro das nuvens carregadas de chuva são os responsáveis por pintar o cenário que alegra os produtores. O plantio de soja da comunidade gaúcha Nova Santa Rosa é um dos primeiros locais que se encontra ao trafegar pela rodovia.


O senhor Enéas Bovino resolveu, em 2005, apostar no solo piauiense e foi uma das primeiras família que se instalou para a produção no local. “No começo aqui só tinha cerrado e nós instalamos uma casinha ainda de palha. Primeiro veio os homens para fazer o início da abertura do cerrado e começar a plantação. Foi muito difícil no começo, sem água, mas não desistimos. Ano passado perdemos grande parte da produção do arroz, mas este ano com a chegada da chuva vamos apostar em quase o dobro da produção, mas também sempre com a soja em alta”, declarou.


Na Transcerrado a movimentação de carretas já dá o tom da grande quantidade de trabalhos que os produtores já estão tendo para dar início as produções. “É uma tecnologia que a gente usa para ter os momentos de chuva no período de geração do produto. A chuva esta vindo bem e já conseguimos terminar o plantio de soja, agora vamos para o milho e depois para o arroz. Trabalhamos transformando a palhada em matéria orgânica para servir na produção de soja, o que termina sendo positivo para a nossa produção”, explicou o produtor Altair Fianco.


O produtor rural Gregory, que comanda cinco das maiores fazendas do cerrado, contou que vai apostar 100% na produção de soja. “Estamos vendo um dezembro muito diferente, muito peculiar. Tínhamos sempre um período com longa estiagem com um volume de precipitação de dez dias muito intenso que não permitia o trabalho. Este ano esta diferente, esta chovendo regularmente, com aberturas de sol, e não muito intensas permitindo o plantio o que é muito bom e importante para atingirmos alta produtividade”, finalizou.


Fonte: PortalB1

Comentários

Veja também

MAIS LIDAS DO MÊS
Portal RV
Editoriais
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados